terça-feira, 31 de maio de 2011

9º Salão do Livro em Piauí

O 9º Salão do Livro do Piauí (Salipi) e a 14ª edição do Seminário Língua Viva ocorrerão de 05/06/11 a 12/06/11 no Complexo Cultural da Praça Pedro II, em Teresina. A abertura da feira será às 18h30 do domingo (dia 05) no auditório do Clube dos Diários.

As editoras prometem disponibilizar para o público os últimos lançamentos e, além de palestras e fóruns com grandes nomes da literatura nacional e internacional, a programação incluirá dança, música, cinema, poesia e exposições de fotografia e artes.

Para maiores informações acesse: http://www.fundacaoquixote.org.br/

sexta-feira, 27 de maio de 2011

FICHA: Os O'Hurley - Livro 2: Maddy - Nora Roberts

Sessão Especial: Literatura de Banca

" Eu sei que você é capaz de viver sem mim. Sei que você é capaz de chegar ao topo sem mim. E talvez, só talvez, eu possa me afastar de você e sobreviver. Mas não quero arriscar. Farei tudo o que posso para não ter de arriscar."


O livro


Enquanto Abby é a irmã mais tranquila e responsável, que sai do mundo artístico para criar seus dois filhos em uma fazenda, Maddy é um furacão. Cheia de energia e deslocada, adora roupas coloridas, a bagunça do teatro e tem seu coração na dança. Ela está conseguindo com muito esforço uma carreira de sucesso dançando em musicais da Broadway, e seu dia é uma correria entre ensaios e aulas. Acabara de abandonar um espetáculo de sucesso para lançar-se em busca de mais um desafio. Nesta nova peça, ela interpretará uma dançarina de boate.

Ao sair de mais um ensaio, ela quase é assaltada, sendo salva por Reed Valentine, o patrocinador do espetáculo. Eles se encantam imediatamente, embora também percebam o quanto são diferentes um do outro. Maddy não consegue desviar os olhos daquele homem lindo e conservador. Reed fica desnorteado com aquela menina, espontânea, pequena e vibrante, tão diferente da mulher imponente que ele vira nos palcos.

Quando ela vai embora, ele vê que a escova de cabelo dela havia caído e a leva, querendo ter um pretexto para vê-la outra vez. Ele aparece em um ensaio para devolver a escova e fica maravilhado vendo-a dançar. Maddy impulsivamente convida-o para jantar na casa dela e eles têm um jantar maravilhoso, mas vai embora antes de se envolver mais.

Maddy vai ao trabalho de Reed, para entregar a ele uma planta que estava no apartamento dela e que estava morrendo por que ela não sabia como cuidar. Ela encontra o pai de Reed lá, que também fora visitá-lo. O pai dele diz que um dos motivos de patrocinar o espetáculo foi o fato de ter conhecido a família dela há muito tempo. Maddy convida Reed para sair novamente e ele a leva para um restaurante. Eles jantam, saem para dar um passeio e se beijam, mas Reed se afasta. Percebendo a irritação dele pelo que aconteceu, ela vai embora magoada e sozinha.

Maddy conversa com sua amiga Wanda e resolve não desistir. Ela vai ao apartamento de Reed. Ao ver a plantinha que havia levado por lá, se sente mais confiante. Ele confessa que se sente atraído por ela, mas que ela não quer apenas um caso. Ela propõe que sejam amigos e eles passam a se ver com freqüência.

O pai de Reed o convida para assistir um ensaio e eles almoçam com Maddy. Durante o almoço, o pai dele a convida para acompanhá-lo em uma festa. Ela fica feliz em aceitar, mas percebe que Reed a olha irritado e decide ir embora. Eles discutem e ela diz que não irá a festa, já que ele tem vergonha de ser visto com ela. Então ela diz que ele não quer que exista nada entre eles e ele a beija, dizendo que não é verdade. Ele a chama para ir a casa dele depois, para conversarem e esclarecerem a situação.

Ao chegar em casa ela encontra a irmã, Chantel. Ela passa três dias com Maddy, conta as novidades sobre a família e também conversam sobre Reed. Chantel vai embora e chega o dia de Maddy encontrar Reed. Eles passam a noite juntos. Na manhã seguinte ele pensa que ela foi embora e se sente triste e vazio, mas a encontra na cozinha fazendo o café da manhã. Isso o deixa muito feliz. Ele a leva para cama novamente e ela diz que o ama. Reed diz para Maddy que ela está mentindo e ela vai embora magoada, sem se despedir dele.

Maddy vai à festa. Ela dança com o pai de Reed e com outros dançarinos. Ao ver Reed a observando, ela foge para o terraço e ele a segue. Eles confessam que pensaram todo o tempo um no outro e se beijam. Ele pede para Maddy voltar, mas ela diz que não e pede que ele vá embora. O pai de Reed ouve parte da conversa e leva Maddy para casa. Lá ele conta que sofreu um acidente quando Reed tinha 5 anos e descobriu que ele não era seu filho. A mãe de Reed contou tudo para o filho e o abandonou, deixando-o com uma vizinha. Quando sai do hospital, o pai de Reed também o deixa com a vizinha por um mês, até conhecer o pai de Maddy, que o aconselha a voltar.

Reed é surpreendido por uma batida na porta e vê Maddy. Ela faz um streaptease para ele e eles passam a noite juntos. Maddy parte no dia seguinte para a Filadélfia para a estréia do espetáculo. Reed avisa que não poderá ir à estréia. Maddy encontra sua mãe, seu pai, e Abby, com Dylan e os filhos. Abby conta que está grávida. A família sai à noite e volta bem tarde. Reed tenta ligar várias vezes durante a noite e como Maddy não atende, ele resolve viajar para vê-la. Maddy acorda com Reed batendo à sua porta. No início ela fica feliz em vê-lo, mas eles brigam porque Reed só fora até lá por achar que ela estava com outro homem. Ele diz que também ficou preocupado com ela. Eles se reconciliam e passam a noite juntos. No dia seguinte, Reed e o pai conhecem a família de Maddy. Quando estão sozinhos, Reed fala de forma fria para Maddy que se casamento é tão importante para ela eles assinarão um contrato. Mas Maddy não quer um papel e sim sentimentos, então o manda embora e chora. Reed conversa com o pai, conta seus medos e confessa que a ama, aconselhado pelo pai decide consertar as coisas.

Opinião Pessoal

Este livro é o segundo de uma série de quatro, sobre a família O'Hurley. Maddy e Reed são de mundos completamente diferentes. Ela é espontânea, amável e cheia de vida, e ele é realista e conservador. Mesmo assim, Maddy e Reed não negam a grande atração que existe entre eles e sabem o quanto precisam um do outro, mas ele não admite que possa existir algo mais profundo.

Ele foi muito marcado na infância pelo desastroso relacionamento dos seus pais e não acredita em amor, mas Maddy é uma pessoa otimista e mesmo sendo magoada, não desiste dele. Por várias vezes ela o procura, mesmo que ele tente afastá-la. Aos poucos Reed vai se rendendo e não consegue mais fugir do que sente. A família O'Hurley também está presente, com o mesmo amor de sempre. Vemos a Abby grávida e super feliz com o Dylan, e os comentários sobre Chantel e Trace deixam dicas para os livros que virão.


Veja os outros livros da coleção Os O'Hurley:
- Livro 1: Abigail
- Livro 3: Chantel
- Livro 4: Trace

Veja outros livros de Literatura de Banca.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

FICHA: Os O'Hurley - Livro 1: Abigail - Nora Roberts


Sessão Especial: Literatura de Banca

" Dylan pensara nela a noite toda, e durante a manhã, mas jamais esperara abordá-la daquele jeito. Havia fogo e fumaça impedindo-o de ver com clareza. O corpo dela estava tenso contra o dele, como se Abigail estivesse resistindo à paixão que ele sentia crescer. Os dedos dela não estavam apenas sobre os ombros de Dylan; estavam cravados neles. Dylan era quase capaz de ouvir o coração dela batendo forte em sua garganta — por medo, excitação, desejo, ele não se importava. Desde que fosse por causa dele!
Então, com uma facilidade incrível, Abigail relaxou. Seus lábios ficaram mais macios e seu corpo se rendeu. Ela era dele."


O livro


O livro começa mostrando o parto das trigêmeas O'Hurley, e que uma delas se chamaria Abigail (Abby) em homenagem à esposa do médico, de mesmo nome. Agora Abby já é adulta, viúva e mãe de dois garotinhos. Ela foi muito magoada pelo primeiro marido e não quer se envolver com outro homem, ama muito os filhos e cuida da casa e da fazenda.

Ela conheceu o falecido marido, Chuck, aos 18 anos e se encantou, casando-se rapidamente. O casamento foi breve e muito conturbado, o marido, que era um famoso piloto, faleceu em um acidente de carro durante uma corrida. Ela aceitou o convite de um escritor para escrever a biografia do seu falecido marido por causa dos seus filhos, para que eles tivessem uma boa imagem do pai.

Dylan, o escritor, terá que passar um bom tempo com ela para escrever o livro. Ele acha que ela era uma mulher interesseira e egoísta, que havia se casado pela fortuna do marido, e aceitara fazer o livro também por dinheiro. Ele passou por um casamento curto seguido de divórcio e não tinha uma boa opinião sobre as mulheres.

Ao chegar à casa de Abby, se impressiona com a simplicidade. Ele conhece os dois filhos dela, Chris e Ben, e o trabalho cotidiano dela na fazenda. Dylan percebe que ela mente sempre que conversam sobre o falecido marido para a biografia. Eles começam a se envolver cada vez mais e Dylan percebe o quanto estava enganado em relação à Abby.

Confiando cada vez mais nele ela vai contanto aos poucos todo o sofrimento pelo que passou no seu casamento e o quanto fora magoada pelo marido. Cada vez mais Dylan se afeiçoa pelos meninos, por Abby e pela vida que eles levam na fazenda. A família de Abby vem visitá-la e passam alguns dias com eles. Com a ajuda de Chantel, uma das trigêmeas, Dylan tem todas as suas dúvidas resolvidas e está pronto para começar uma nova vida com Abby.

Opinião Pessoal

Este livro é o primeiro de uma série de quatro, sobre a família O'Hurley. Logo vemos o amor que existe nesta família, os laços incrivelmente fortes que os mantém unidos, mesmo que cada um tenha seguido seu caminho.Os dois estavam determinados a não se envolver, mas ao conviver com Abby e seus filho, Dylan passa a desejar fazer parte daquele mundo.

Dylan é um escritor determinado e desconfiado, acostumado a ver as pessoas mentirem. Abby é uma mulher simples e forte, que cuida dos filhos e da fazenda, mas ao mesmo tempo está fragilizada pelo relacionamento anterior, até que Dylan vai derrubando suas barreiras. Vemos o carinho de Dylan pelos meninos crescendo e o amor por Abby também. Marcado pelo relacionamento anterior, ele se mantém desconfiado até o último momento, quando percebe que seus temores são infundados e resolve se arriscar e lutar pela mulher que ama.


Veja os outros livros da coleção Os O'Hurley:
- Livro 2: Maddy
- Livro 3: Chantel
- Livro 4: Trace

Veja outros livros de Literatura de Banca.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

FICHA: O Giua do Mochileiro das Galáxias

"Sentado no canto, o robô levantou a cabeça subitamente, porém em seguida ficou balançando-a ligeiramente. Pôs-se de pé como se fosse uns dois ou três quilos mais pesado do que era na realidade e fez um esforço aparentemente heroico para atravessar o recinto. Parou à frente de Trillian e ficou olhando por cima do ombro esquerdo da moça.
- Acho que devo avisá-los de que estou muito deprimido - disse ele, com uma voz baixa e desesperançada."


Autor(a): Douglas Adams
Editora:Sextante
Ano: 2010
Número de Páginas: 156
Título Original: The Hitchhiker's Guide to the Galaxy
ISBN:978-85-99296-94-3
Filme: Sim. Filme de mesmo nome, lançado nos EUA em 2005, com roteiro escrito pelo próprio Douglas Adams.
Jogo:Sim. Jogo O Guia do Mochileiro, lançado em 1984.
Indicado para: Quem gosta de viajar em livros completamente loucos e de humor refinado.
Contra-indicado para: Quem prefere livros mais próximos à realidade. Também não é indicado para pessoas muito jovens, existem algumas expressões um pouco complicadas e um ou outro termo inadequado para crianças.
Livros Relacionados: Não me recordo de nenhum, no momento.

O livro


Trata-se de um humano, que descobre que seu amigo intimo é um extraterrestre pouco antes da destruição da Terra. Ele foge da destruição e viaja em uma grande aventura junto com novos amigos, descobrindo todo um universo lá fora e desmistificando várias coisas que ele acreditava saber.

Resumo
(Atenção: Não leia se não quiser saber a história e o final do livro!)


Arthur Dent é um rapaz de 30 anos que mora sozinho em uma pequena casa. Queriam derrubá-la para construir um desvio em seu lugar e Arthur protesta até a chegada de Ford Prefect, amigo íntimo dele, que o leva até um bar e conta que o mundo vai acabar em 12 minutos. Na verdade, Ford era de outro planeta, estava na Terra havia 15 anos e era pesquisador de campo do livro "O Guia do Mochileiro das Galáxias".

A casa de Arthur é demolida, mas logo chegam naves espaciais dos Vogon que destroem a Terra, alegando que construírão uma via expressa no lugar. Arthur e Ford escapam escondidos em uma nave, mas logo são descobertos e jogados no espaço. Coincidentemente são salvos pela nave "Coração de Ouro", a primeira a ter um gerador de improbabilidade infinita, que permite atravessar imensas distâncias em um segundo. Ela tinha sido roubada por Zaphod Beeblebrox, Presidente do Governo Imperial Galáctico, com a ajuda de Trillian, matemática e astrofísica humana.

Marvin, um robô bastante depressivo, leva Arthur e Ford até Zaphod e Trillian. Ford fica feliz em ver Zaphod pois ele é seu semiprimo, mas Arthur fica chateado pois lembra que ele conheceu Trillian em uma festa e gostou dela, mas Zaphod entrou de penetra e acabou indo embora com ela.

A nave chega em Magratea, onde antes havia uma lucrativa indústria de construção de planetas de luxo. Zaphod buscava esse planeta pela riqueza que diziam estar escondida nele. Um antigo sistema de proteção lança mísseis contra a nave, mas eles conseguem chegar ao planeta. Com o impacto, os dois ratinhos brancos que Trillian trouxe da Terra fugiram da gaiola. Todos descem da nave e encontram uma entrada para o interior do planeta. Arthur e Marvin ficam vigiando a entrada e os outros vão para a passagem, entram em uma sala que se enche de gás e desmaiam.

Entediado, Arthur vai dar uma volta e encontra um velho morador, que o leva ao interior do planeta e mostra a Terra II, uma cópia da Terra que estavam fazendo. Ele conta a Arthur que a Terra original foi encomendada e paga pelos ratos, que queriam fazer experiências com os humanos. Tanto Arthur quanto seus amigos são levados aos ratos, que querem o cérebro de Arthur já que ele foi o último sobrevivente a sair da Terra. Arthur e seus amigos conseguem fugir. 


Opinião Pessoal

Maravilhoso! Um livro escrito com uma criatividade sem limites, cheio de situações e personagens inusitados. O livro é cheio de um humor refinado, onde vemos retratadas no universo situações do nosso cotidiano, que nos fazem rir e refletir sobre nossa sociedade. Atual, divertido e inteligente, é uma leitura fluente e agradável. Os personagens são marcantes e dão vida e colorido a trama, completando-se com suas personalidades diferentes e bem definidas. Estou completamente encantada e enternecida com Marvin, um robô depressivo, mas muito inteligente e sensato, realmente uma gracinha.

Veja o segundo livro da série: O Restaurante no Fim do Universo
Veja o terceiro livro da série: A Vida, o Universo e Tudo Mais 
Veja o quarto livro da série: Até Mais, e Obrigado pelos Peixes! 
Veja o quinto livro da série: Praticamente Inofensiva

Veja mais livros de Ficção.
Veja mais livros de Aventura.